Lucas e Paula. O óleo do carinho.

Postado por: Denise Gurgel

A Paula fez o curso quando estava grávida do Lucas e depois quando ele nasceu fui lá acompanhar a hora da shantala. Veja aqui uma foto quando estive com eles em casa. Essa foto foi em fevereiro de 2011, faz tempo! 


Esses dias recebi um pedido de compra do óleo e era da Paula. Enviei rapidinho e olha só o e-mail que recebi.

“E o Lucas não quis esperar o banho para passar o óleo! Rs
Ele fala que é o óleo do carinho...Veja a força da shantala....Lembra até hoje!!! E hoje em dia faço somente uma massagem mais básica. Beijos”

Olha lá a cultura do amor que falei nesse post, novamente aqui! Quanta memória afetiva é guardada no momento da shantala. É uma mensagem de amor e ternura que fica gravada na pele, no olfato e no coração. Lindo né! Perceba como guardamos uma memória através dos nossos sentidos, das sensações e de como essa vivência foi prazerosa para o Lucas. A cultura do amor é essencial à vida e o Lucas será mais um pequeno que participará desse movimento!
Durante esses anos acompanhei o crescimento do Lucas e ganhei uma amiga!

Quando pedi a Paula para publicar essa foto fofa do Lucas passando óleo e se acariciando com o óleo do carinho como ele mesmo disse, ela quis escrever mais um pouquinho.

“Fiz o curso, pois fiquei fascinada pela técnica quando conheci através de uma novela e comecei a pesquisar o assunto. O Lucas nasceu e não via a hora de fazer a shantala nele...mas ele tinha muita cólica e precisei esperar uns 3 meses, quando te chamei para vir até minha casa. Aquele dia foi muito, muito importante para mim! Você não tem ideia de como você contribuiu positivamente na minha vida.

As crises de cólicas reduziram significantemente e notei que, pelo lado motor, ele se desenvolveu muito rapidamente. A coordenação dele é ótima e acredito que isso aconteceu graças à Shantala.


Bom, com a correria do dia a dia, já não fazia a massagem "completa", mas nunca deixei de massageá-lo. O óleo havia acabado e um dia eu comprei um óleo de lavanda. Foi ele sentir a fragrância e lembrar daquele momento de carinho. Estava para comprar seu óleo novamente, mas sempre esquecia.... até que você postou a foto e não deixei para depois.... o resultado, você viu na foto... rsrsrs... depois, mal saiu do banho e fizemos uma massagem com o óleo do carinho!”

Aiaiaiai...e eu fico aqui feliz, feliz!