apego e contato

Postado por: Denise Gurgel

"Uma criança é como o cristal e como a cera. Qualquer choque, por mais brando, a abala e comove, e a faz vibrar de molécula em molécula, de átomo em átomo; e qualquer impressão, boa ou má, nela se grava de modo profundo e indelével." (Olavo Bilac) 

Você já deve ter escutado sobre a teoria do apego. Esse termo foi criado por John Bowlby, um psiquiatra que traduziu em palavras o vínculo afetivo entre o bebê e o seu provedor (em geral a mãe) e as suas implicações na vida adulta.

Ele fez um estudo detalhado da interação de mães e os seus pequenos. Observou que o sentimento de segurança é o principal fato de vinculação entre eles.

Apego é qualquer forma de comportamento que resulta em uma pessoa alcançar e manter proximidade com algum outro indivíduo, considerado mais apto para lidar com o mundo (Bowlby, 1989). E para o bebê, essa pessoa é a mãe que o acolhe em todas as suas necessidades.

E as necessidades do bebê no início da sua vida são estabelecidas pelo contato na pele, o olhar, a voz, sentir o cheiro. Pelo nossa proximidade e troca de afeto com o bebê.

É como se o bebê nos dissesse...

www.attachmentclinic.org

Nesse sentido, o tipo de experiência que uma pessoa vivencia, especialmente durante a infância, tem uma grande influência sobre o fato de ela esperar, ou não, encontrar mais tarde uma base pessoal segura, e também sobre o grau de competência que possui para iniciar e manter relações mutuamente gratificantes, quando a oportunidade se oferecer. Em virtude dessas interações, seja qual for o primeiro padrão a se estabelecer (seguro, inseguro-ansioso, inseguro-ambivalente), é esse que tende a persistir. (Chalhub; Rodrigues, 2009).


Por isso, nada mais natural do que tocarmos o nosso bebê. Oferecermos essa experiência da massagem, da shantala, na qual não só a técnica com os seus princípios o beneficiará. Mas também, nos ajudará a entendermos melhor sobre o bebê, as suas necessidades e assim o acolheremos verdadeiramente, seremos o porto seguro para que o bebê possa se desenvolver plenamente.

Espero você no próximo curso shantala ou saiba mais informações sobre o curso shantala em casa.




0 Quem gosta de shantala comenta.:

Postar um comentário